Onde estou? Para onde vou? Como vou?

Poizintão, nos livros de aventuras, cada posição possível é definida em uma página e mover-se entre elas significa "ir para a página tal". Nos adventures texto e/ou ilustrados as posições são marcadas por uma descrição objetiva delas e eventualmente uma imagem. As movimentações seguem a rosa dos ventos, ou seja, vá para o norte, sul, leste e oeste.

O texto descritivo, quando não há ilustração, procura deixar o leitor/jogador ciente das possibilidades, tipo: "ao seu lado estão os destroços do avião". É claramente uma dica pra entrar nele e é assim que se degusta um livro de aventuras/adventure - sacando o que a narrativa embutida está "dizendo". É mais cérebro que dedo.

No Amazônia 2 você pode usar as setas de direção que aparecem no canto inferior direito (clicar ou dedar nelas) ou clicar em algum lugar da ilustração que você "ache" que dá pra ir naquela direção. Ou ainda, se é saudosista dos anos 80, digitar na barra inferior as direções norte, sul, leste ou oeste.

E se estiver se sentindo perdido, consulte o mapa que ele lhe mostrará a sua posição, na região que está naquele momento.